Ataques na região de Bagdá deixam ao menos 7 mortos

Ataques na região central do Iraque deixaram pelo menos sete mortos nesta quinta-feira em meio a um recente aumento dos distúrbios, interrompendo uma relativa calma em Bagdá. A violência ocorre dias após um carro-bomba matar 25 pessoas na sede de uma fundação religiosa xiita na capital iraquiana, durante um longo impasse político por questões sectárias. Uma série de explosões em Bagdá matou 17 pessoas no último dia 31.

AE, Agência Estado

07 de junho de 2012 | 11h48

A violência no Iraque diminuiu dramaticamente desde o pico de 2006-2007, mas ataques permanecem comuns, especialmente em Bagdá e em seus arredores. Um total de 132 iraquianos foram mortos pela violência em maio, de acordo com números oficiais. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.