Ataques no Afeganistão matam 11 policiais e 1 soldado

Ataques de militantes e a explosão de uma bomba mataram 11 policiais e um soldado do exército neste domingo em áreas do sul do Afeganistão, que sofrem com ações violentas do movimento extremista Taleban, segundo autoridades locais.

AE, Agencia Estado

17 de maio de 2009 | 12h20

Seis dos policiais foram mortos num confronto com militantes ligados ao Taleban na conflagrada província de Helmand, informou o Ministério de Interior em comunicado.

Horas mais tarde, outros cinco policiais foram mortos em outro ataque lançado por insurgentes do Taleban em um posto na província de Nimroz, segundo o governador local, Ghulam Dastgir Azad.

Também hoje uma bomba explodiu quando um comboio de soldados afegãos passava por uma estrada na província de Zabul, vizinha a Helmand, causando a morte de um militar e ferindo outros três. O ataque foi atribuído a "terroristas", termo usado no Afeganistão para se referir ao Taleban e grupos militantes aliados. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.