Ataques no Iraque deixam seis mortos e 21 feridos

Pelo menos seis pessoas morreram nesta quarta-feira, 25, e 21 ficaram feridas, entre elas mulheres e crianças, em quatro ataques em Bagdá e no norte do Iraque, informaram fontes policiais.Três policiais morreram e outras cinco pessoas ficaram feridas, entre elas dois civis, quando um suicida detonou os explosivos que levava presos ao corpo perto de uma delegacia na província de Diyala, ao nordeste de Bagdá.Um capitão da polícia iraquiana morreu e dois agentes foram feridos quando o seu carro passou sobre uma mina em Salman Pak, a leste de Tikrit, capital da província sunita de Salah ad-Din, segundo as fontes.Em Bagdá, duas pessoas morreram e oito sofreram ferimentos quando uma bomba explodiu perto de um posto de gasolina no bairro de Shabb, no nordeste da cidade.Além disso, outras seis pessoas, entre elas várias mulheres e crianças, foram feridas por morteiros que atingiram a área residencial de Abu Tshir, no sul de Bagdá.Mais de 50 pessoas morreram na terça-feira em ataques com bombas em Ramadi, na província de al-Anbar e em Bagdá. Em Baquba, a 65 quilômetros ao nordeste de Bagdá, nove soldados americanos morreram na explosão de um carro-bomba em frente a uma base militar, anunciou o comando militar dos Estados Unidos na última terça-feira.Outros 20 militares ficaram feridos no ataque, que provocou o maior número de baixas em uma só ação contra tropas americanas em mais de dois anos no Iraque.As autoridades acham que os insurgentes sunitas fugiram de Bagdá devido ao plano de segurança, em vigor desde 14 de fevereiro, e que buscaram refúgio nas províncias próximas à capital, como Diyala.Matéria ampliada às 09h09 para acréscimo de informações

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.