Ataques no Iraque matam mais de 40 pessoas

Duplos atentados com bomba aconteceram em Tal Afar, no norte, e em Bagdá.

BBC Brasil, BBC

09 de julho de 2009 | 08h18

Atentados com bombas mataram pelo menos 47 pessoas no Iraque nesta quinta-feira.

Um duplo ataque suicida no norte do país matou pelo menos 41 pessoas. Outras 60 teriam ficado feridas nas explosões na cidade de Tal Afar. Há relatos de que as explosões aconteceram em um intervalo de poucos minutos. O segundo ataque teria acontecido logo após algumas pessoas terem deixado o local do primeiro, que teria sido detonado por um homem vestindo uniforme da polícia. Um duplo ataque suicida também aconteceu em Bagdá. Pelo menos seis pessoas teriam morrido e 20 ficado feridas em um mercado no subúrbio xiita Cidade Sadr. Os ataques em Tal Afar, que possui uma comunidade de turcomenos, aconteceram às 7h30 da manhã (0h30 no horário de Brasília). O alvo do atentado teria sido um integrante das forças locais de segurança, segundo o correspondente da BBC em Bagdá Gabriel Gatehouse. Um policial em Mosul, cidade próxima a Tal Afar, disse à BBC que o homem morreu no atentado, junto com sua mulher e dois filhos. A região norte está se tornando uma das mais violentas do Iraque. Na quarta-feira, duas explosões em mesquitas xiitas em Mosul mataram nove pessoas. Em Cidade Sadr, duas bombas explodiram em um mercado, matando sete. Na semana passada, as tropas americanas começaram a retirada do Iraque. Os Estados Unidos querem retirar todos os seus soldados do Iraque até 2012.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.