Ataques no Iraque matam pelo menos 4 soldados da coalizão

Vários grupos da resistência iraquiana realizaram neste sábado três ataques na cidade de Kerbala, matando pelo menos quatro soldados da coalizão e deixaram outros 25 feridos. O tenente Andrzej Tyszkiewicz, encarregado da segurança em torno da cidade, afirmou, durante conferência de imprensa, que cinco dos feridos estão em estado grave.Os integrantes da resistência utilizaram carros-bomba, morteiros e metralhadoras em vários locais de Kerbala, afirmou o major norte-americano Ralf Manos, outro porta-voz da coalizão. Na área operam soldados de vários países como Bulgária, Polônia, Filipinas, Tailândia e Estados Unidos.O coronel Adam Stasinski, porta-voz do Ministério da Defesa da Polônia, disse, em Varsóvia, que alguns projéteis disparados na base búlgara cairam em uma universidade e feriram algumas pessoas. Segundo Stasinski, soldados poloneses ficaram feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.