Ataques suicidas do Estado Islâmico no Iraque matam 13 pessoas

Ataques suicidas realizados pelo Estado Islâmico neste sábado mataram 13 pessoas em uma região ao norte de Bagdá, no Iraque. Quatro homens-bomba dirigiam carros carregados de explosivos, que colidiram com dois postos de segurança e um quartel militar em um intervalo de 15 minutos, na área de al-Hajaj.

Estadão Conteúdo

13 de junho de 2015 | 10h25

Segundo a polícia, os mortos eram milicianos xiitas e soldados. Além disso, 24 pessoas ficaram feridas. A área de Al-Hajaj encontra-se na estrada entre Tikrit e Beiji, na província de Salahuddin. A cidade de Beiji também tem sido palco de violentos combates entre militantes do Estado Islâmico e tropas do governo, apoiadas por milícias xiitas.

As forças iraquianas, apoiadas também por ataques aéreos liderados pelos EUA, têm lutado para recuperar o controle das vastas áreas perdidas para o Estado Islâmico, durante o conflito no ano passado. /AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.