Ataques suicidas em funeral matam 10 no Afeganistão

Ataque aconteceu no momento em que as pessoas deixavam o funeral na cidade de Talagan

AE - AP, Agência Estado

25 de dezembro de 2011 | 11h47

Uma explosão suicida ocorrida neste domingo, 25, durante um funeral no norte do Afeganistão deixou 10 mortos, incluindo um membro do Parlamento nacional, informou um porta-voz do governo. O ataque aconteceu no momento em que as pessoas deixavam o funeral na cidade de Talagan, disse Faid Mohammad Tawhedi, porta-voz do escritório do governador da província de Takhar. Segundo ele, 15 pessoas ficaram feridas.

Ataques suicidas são raros na província de Takhar, 250 quilômetros a nordeste de Cabul e considerada umas das regiões mais calmas do país. Ninguém assumiu imediatamente a responsabilidade pelo ataque.

Por sua vez, o Ministério do Interior disse hoje que as forças de segurança mataram 30 supostos insurgentes em uma série de conflitos em todo o país. Segundo um comunicado do ministério, tropas do Exército, da polícia e da Otan realizaram um total de 11 operações nas últimas 24 horas em todo o país. Sete insurgentes foram presos.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãoexplosãoterrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.