Ataques suicidas matam 24 em Bagdá

Suicidas atacaram ontem duas mesquitas xiitas em Bagdá, matando pelo menos 24 pessoas e ferindo dezenas durante a celebração do fim do mês sagrado islâmico do Ramadã. Em Diyala, supostos milicianos xiitas mataram seis membros de uma família sunita, entre eles mulheres e crianças. No pior dos ataques, um suicida detonou um carro-bomba perto da mesquita de Zafaraniyah, no sudoeste da capital. A explosão deixou 14 mortos e 28 feridos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.