Ataques terroristas na Nigéria deixam 90 mortos

Duas explosões de carros-bomba em um movimentando mercado e um ataque a uma aldeia rural deixaram pelo menos 90 mortos no norte da Nigéria desde a noite de ontem, em meio a uma onda de atentados de extremistas islâmicos no país.

Agência Estado

02 de março de 2014 | 15h01

Em Maiduguri, capital do Estado de Borno e berço da rede terrorista Boko Haram, a dupla explosão ocorreu em um estabelecimento comercial lotado, localizado em uma área densamente povoada. O primeiro artefato atingiu principalmente clientes. Já o segundo também vitimou pessoas que correram para socorrer os feridos. Entre os mortos estão convidados de um casamento e torcedores que assistiam a uma partida de futebol nas proximidades do local.

Até domingo de manhã 51 corpos haviam sido recuperados pelas equipes de resgate, mas acredita-se que há muitos outros sob os escombros, disse um funcionário da Cruz Vermelha.

Em um vilarejo a 60 quilômetros dali, suspeitos extremistas executaram 39 pessoas na noite de sábado, de acordo com testemunhas que falaram em condição de anonimato, com medo de represálias. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
NIGÉRIATERRORISMO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.