Ataques terroristas nos EUA deixam mundo perplexo

Um avião caiu hoje no Pentágono, o prédio do Departamento de Defesa, e grandes prédios do governo dos Estados Unidos, do Capitólio (Congresso) à Casa Branca, foram evacuados por ameaças de bombas. Também dois aviões colidiram contra as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, no que o presidente George W. Bush considerou ter sido "aparentemente um ataque terrorista contra nosso país". As duas torres desabaram completamente cerca de uma hora depois.A Administração Federal de Aviação suspendeu todos tráfego aéreo nos Estados Unidos. Grandes instalações do governo, como os Departamento do Tesouro e Justiça, foram evacuados. Um carro-bomba explodiu na frente do Departamento de Justiça.Um alto oficial de inteligência americano, que pediu para não ser identificado, disse: "Não sabemos quem está fazendo isso. Claramente, tem relação com terrorismo, um ataque cuidadosamente coordenado. Não é obra de um inimigo não sofisticado. É muito cedo para dizer quem é o responsável".Paul Begala, um democrata, disse que testemunhou a explosão nas proximidades do Pentágono. "Foi uma imensa bola de fogo, um imensa bola de fogo laranja", afirmou Begala.Outra testemunha disse ter sido um helicóptero que explodiu. Um repórter da AP, Dave Winslow, também viu o choque. "Vi a cauda de um grande avião... Ele bateu direto no Pentágono".Um dos dois aparelhos que colidiram contra o World Trade Center havia sido seqüestrado depois de levantar vôo de Boston, segundo autoridades americanas. O segundo avião pode ter saído de Newark, Nova Jersey.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.