Anjum Naveed/AP
Anjum Naveed/AP

Atentado a bomba em universidade no Paquistão mata quatro

Série de explosões nas últimas duas semanas já matou pelo menos 150 pessoas no país; escolas foram fechadas

BBC Brasil, BBC

20 de outubro de 2009 | 09h30

Duas bombas explodiram nesta terça-feira, 20, na Universidade Islâmica Internacional na capital paquistanesa Islamabad, apesar do reforço da segurança no país.

 

Veja também:

link Exército do Paquistão ataca cidade-chave para o Taleban

 

Um policial disse que pelo menos quatro pessoas morreram, entre elas dois homens-bomba. Outras 18 pessoas teriam ficado feridas.

Uma das explosões aconteceu em um refeitório usado por alunas. A outra explosão aconteceu do lado de fora do escritório de um professor de Direito Islâmico.

Atentados a bomba nas últimas duas semanas mataram pelo menos 150 pessoas no Paquistão.

As autoridades do país condenaram os ataques. Até agora, ninguém assumiu autoria.

O atentado é o primeiro do tipo desde o final de semana, quando o Exército do Paquistão deu início a uma ofensiva no Waziristão do Sul, região conhecida como reduto do Taleban.

A segurança no resto do país foi reforçada, com temores de ataques do Taleban em retaliação à ação militar. Várias instituições de ensino foram fechadas esta semana, para evitar episódios de violência.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.