Atentado a bomba mata ao menos 40 no Paquistão

Ataque teve como alvo local que abrigava reunião entre autoridades e grupos contra o Talebã no noroeste do país.

BBC Brasil, BBC

06 de dezembro de 2010 | 11h09

Pelo menos 40 pessoas morreram nesta segunda-feira após um atentado a bomba no noroeste do Paquistão.

O ataque ocorreu em uma área do governo na região de Mohmand, que abrigava uma reunião entre autoridades locais e aliados que são contra o Talebã.

Dezenas de pessoas também ficaram feridas pela explosão, segundo a imprensa paquistanesa.

A região de Mohmand, perto da fronteira com o Afeganistão, é um reduto do Talebã e da Al-Qaeda.

O Exército paquistanês já lançou uma grande ofensiva contra esses grupos na região, mas os rebeldes continuam a promover ataques com regularidade.

Dois suicidas realizaram o atentado desta segunda-feira, que teve como alvo a sede da administração local em Ghalalnai, a principal cidade de Mohmand, a cerca de 175 quilômetros a noroeste da capital do país, Islamabad.

Mais de cem pessoas estariam no local no momento do ataque.

Milhares de pessoas já foram mortas em ataques atribuídos ao Talebã e à Al-Qaeda no Paquistão desde que forças do governo invadiram uma mesquita extremista em Islamabad em 2007.

No dia 5 de novembro, mais de 70 pessoas foram mortas em um ataque suicida em uma mesquita da região de Darra Adam Khel, no noroeste do Paquistão.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
paquistãoatentatomohmandtalebã

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.