Atentado a bomba mata cinco pessoas na Nigéria

Um carro-bomba explodiu em um populoso bairro cristão na cidade de Kano, no norte da Nigéria, e matou cinco pessoas na noite de domingo, horas antes de outro ataque ser impedido pela polícia local. Nenhum grupo assumiu a autoria.

AE, Agência Estado

19 Maio 2014 | 13h09

O superintendente de polícia Aderenle Shinaba disse que o carro explodiu na noite de domingo, antes de o homem-bomba atingir seu alvo, que era uma movimentada rua de restaurantes. O policial informou que sete pessoas ficaram feridas e cinco foram mortas, incluindo o suicida.

As autoridades também "evitaram o que poderia ter sido outra explosão devastadora", de acordo com o porta-voz da polícia nacional, Frank Mba. Ele disse que agentes de inteligência da polícia rastrearam e recuperaram uma caminhonete carregada com dispositivos explosivos improvisados.

O bairro cristão de Sabon Gari é uma área popular onde as pessoas jantam, dançam e bebem álcool até tarde da noite - o que é condenado por grupos extremistas islâmicos culpados por ataques anteriores à região.

Ataques anteriores foram atribuídas ao grupo extremista islâmicos Boko Haram, que reivindicou a autoria de duas explosões no mês passado em Abuja, a capital do país, que matou mais de 120 pessoas e feriu mais de 200. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Nigéria violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.