Atentado a bomba no Afeganistão deixa 9 mortos

Pelo menos nove pessoas morreram nesta segunda-feira, entre elas um político local, vítimas da explosão de uma bomba no interior de uma loja no norte do Afeganistão, informou o Ministério de Interior afegão.

AE, Agência Estado

14 Maio 2012 | 11h17

O atentado ocorreu em um mercado na província de Faryab e vitimou um vereador de uma província vizinha, segundo comunicado do ministério.

O governo também informou que 18 insurgentes foram mortos em operações por todo o país nas últimas 24 horas.

Velório

Centenas de pessoas participaram hoje do velório de Arsala Rahmani, um ex-militante do Taleban que havia se reconciliado com o governo afegão e negociava a paz no país. Rahmani foi morto a tiros neste domingo.

Rahmani é o segundo representante do Alto Conselho de Paz do Afeganistão, que o governo criou numa tentativa de se aproximar dos insurgentes, a ser assassinado. Em setembro último, o ex-presidente afegão e então líder do conselho Burhanuddin Rabbani foi morto em um ataque suicida em Cabul, a capital do país. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Afeganistão violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.