Atentado ao sul de Bagdá deixa um morto e oito feridos

Um trabalhador morreu e oito foram feridos neste sábado pela explosão de uma bomba numa estrada ao sul de Bagdá, enquanto o Exército americano anunciava a detenção de sete supostos terroristas.Segundo fontes da Polícia iraquiana, a bomba explodiu quando as nove vítimas estavam numa estrada da região de al-Safraniya, a sudeste da capital.Sete supostos terroristas foram capturados numa batida efetuada pelas tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos. O local da ação foi o bairro de maioria xiita de Madinat Sadr, no leste de Bagdá, informou o comando americano.Os detidos são suspeitos de pertencer a um grupo terrorista ligado ao transporte de armas entre o Irã e o Iraque. Eles também são acusados de atuar no transporte de milicianos iraquianos ao território iraniano, para instrução em atividades terroristas, segundo uma nota oficial.O Exército americano acusa a milícia Exército Mehdi, liderada pelo clérigo radical xiita Moqtada al-Sadr, de envolvimento no seqüestro e assassinato de civis, especialmente sunitas. Madinat Sadr, habitada por cerca de dois milhões de xiitas, é o principal reduto do líder na capital iraquiana.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.