Atentado com carro-bomba no Iraque mata nove e fere 15

Pelo menos nove pessoas morreram nesta quinta-feira, 26, e 15 foram feridas por um ataque suicida com carro-bomba contra um posto de controle policial perto de Khalis, na província de Diyala, a nordeste de Bagdá, informaram fontes policiais iraquianas.As fontes disseram que o suicida conduziu seu carro-bomba na direção do posto, atingindo os agentes que estavam no seu interior. Foi o segundo ataque suicida na mesma província em menos de 24 horas.Segundo as fontes, as vítimas do atentado são em sua maioria membros do Exército iraquiano. O número pode aumentar, já que houve muitos feridos.Na quarta-feira, na mesma província, seis pessoas morreram, entre elas vários policiais, e 14 foram feridas quando um suicida detonou os explosivos que levava ao redor de sua cintura, numa delegacia.A província de Diyala, na fronteira com o Irã, é um dos enclaves onde a insurgência sunita vem atacando com mais violência.Os dirigentes da área de segurança iraquianos acham que muitos rebeldes fugiram de Bagdá após a implantação do plano de segurança, em 14 de fevereiro, e retomaram a atividade nas províncias próximas.Insurgentes começaram a abandonar a província de al-Anbar, antes um reduto por onde se movimentavam livremente. Eles estão se mudando para Diyala, devido à resistência armada por parte dos chefes tribais da primeira província.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.