Atentado contra empresa americana mata um na Argélia

As autoridades argelinas confirmaram o atentado cometido neste domingo contra os empregados da empresa americana Brown Root Condor que causou a morte de uma pessoa e deixou outras nove feridas. Segundo um comunicado oficial, a vítima fatal é o motorista do ônibus, de nacionalidade argelina, e os feridos são dois libaneses, quatro britânicos, um americano, um canadense e um argelino. O Ministério do Interior afirma que apenas um veículo da empresa estrangeira foi atingido pela detonação de uma bomba. De acordo com informações iainda não confirmadas, após a explosão da bomba, teria acontecido um tiroteio contra os passageiros. O atentado, ocorrido na periferia da capital, em um lugar denominado Buchaui, não foi reivindicado até agora por nenhum grupo terrorista.A zona onde aconteceu o atentado é habitualmente protegida por efetivos da gndarmaria, já que no local fica o Palácio deCongressos onde, sábado, discursou o presidente Abdelaziz Bouteflika em reunião com os 48 governadores do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.