Atentado contra governador deixa 1 morto e 5 feridos no Iraque

Pelo menos uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas na explosão de um carro-bomba neste domingo à passagem do comboio do governador e de seu vice da província iraquiana de Diala, ao nordeste de Bagdá, informaram fontes de segurança locais.O governador Ibrahim Hassan e o vice-governador Emad Jalil saíram ilesos do atentado, que foi perpetrado em uma avenida da cidade de Baquba, capital de Diala, disseram as fontes, que acrescentaram que a vítima mortal era um dos guarda-costas das autoridades.Os explosivos do carro foram detonados por controle remoto, indicaram as fontes, que revelaram que Hassan e Jalil são membros da Aliança Curda - grupo que reúne os principais partidos do Curdistão iraquiano, e que tem um total de 54 dos 275 deputados do Parlamento do país.Diala, cuja população é composta por muçulmanos sunitas e xiitas, é considerada um dos principais redutos da resistência iraquiana contra o Governo iraquiano e as tropas da coalizão liderada pelos Estados Unidos.Além disso, um grupo de desconhecidos assassinou a tiros na tarde de deste domingo o xeque Osama al-Jadaan, um dos chefes da tribo árabe sunita Al-Karabela, uma das mais numerosas da província de Al-Anbar, ao oeste da capital, confirmaram fontes da Polícia local. O ataque foi perpetrado no bairro de Al-Mansur, no oeste de Bagdá, quando a vítima viajava em um carro com um motorista e outra pessoa, que também perderam a vida no ataque, acrescentaram as fontes.Al-Jadaan mantém bons laços com as tropas norte-americanas, e os membros de sua tribo enfrentaram, em várias ocasiões durante os últimos meses, membros do braço iraquiano da organização terrorista Al Qaeda.Os representantes do Governo, os soldados e os policiais, além dos iraquianos que colaboram com as tropas americanas, se transformaram no alvo preferido de grupos rebeldes terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.