Atentado contra microônibus faz 7 mortos em Bagdá

Pelo menos sete civis iraquianos morreram e mais de 20 ficaram feridos neste sábado, na explosão de várias bombas em um microônibus no sudeste de Bagdá, informaram fontes policiais. As explosões ocorreram por volta das 7h30 locais (1h30 de Brasília), quando o veículo entrava em um terminal de ônibus no bairro de Yesr Diala, afirmou o capitão da Polícia Usam Saad. O oficial indicou que tropas do Exército e agentes das Forças de Segurança iraquianas cercaram o local, na tentativa de capturar os responsáveis pelo atentado. A explosão ocasionou danos em vários veículos estacionados no terminal, assinalou Saad, que acrescentou que os feridos foram levados para o Hospital Público de Al Zafraniya, próximo à região onde o atentado foi cometido. Dia violento Além disso, pelo menos cinco iraquianos ficaram feridos, entre eles dois agentes da polícia, em explosões de bombas registradas em dois bairros de Bagdá, informou o capitão Ahmed Abdallah. Segundo o relato do policial, uma bomba, que explodiu pela manhã perto de uma patrulha das forças de segurança na área de Al-Daura, no sul da capital, deixou feridos dois soldados e um civil. Enquanto isso, um motorista e seu acompanhante ficaram feridos na explosão de uma bomba perto do caminhão em que viajavam, na região de Yaraf Al Nazaf, no sul de Bagdá, revelou a fonte. Por último, Abdallah disse que outra bomba explodiu perto de uma patrulha de tropas americanas no bairro Al Baladiyat, no leste de Bagdá, sem que até agora o comando americano tenha informado sobre a existência de vítimas entre seus oficiais.

Agencia Estado,

04 Março 2006 | 05h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.