Atentado contra ônibus mata pelo menos 12 no Paquistão

Uma bomba destruiu um ônibus de passageiros numa cidade do sudoeste do Paquistão, matando 12 pessoas e ferindo outras 13, informam autoridades. A bomba explodiu nos fundos do veículo, em Kolpur, cidade 30 km a sudeste de Quetta, capital da província do Baluquistão, disse um representante do governo local, Abdur Rahman. Um sobrevivente disse que a explosão ocorreu com o ônibus em movimento. "Foi grande e assustadora", declarou LalMohammed, de 34 anos, que sofreu ferimentos no peito e numa das pernas. "havia sangue no ônibus. A mão amputada de alguém me acertou e desmaiei", disse ele.Até o momento, nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado. A violência entre milícias tribais e forças do governo vem numa escalada no Baluquistão, e o ataque provavelmente acirrará ainda mais os ânimos. Ontem, extremistas dispararam barragens de artilharia contra forças de segurança e instalações de gás natural, matando um soldado e dois civis. Um gasoduto ficou destruído em Dera Bugti, 300 km a leste de Quetta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.