Reuters
Reuters

Atentado contra santuário xiita mata oito em Damasco

Segundo Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, dezenas de pessoas ficaram feridas

AE, Agência Estado

31 de outubro de 2012 | 15h53

BEIRUTE - O ataque realizado com uma motocicleta carregada de explosivos contra o santuário xiita de Sayyida Zeinab, perto de Damasco, deixou oito mortos e dezenas de feridos nesta quarta-feira, 31, informou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos, grupo opositor sediado em Londres. A televisão estatal síria confirmou o ataque, mas disse que seis pessoas foram mortas e 13 ficaram feridas.

"Pelo menos oito pessoas foram mortas e dezenas feridas quando uma bomba colocada em uma motocicleta explodiu na frente do hotel Yasser, perto do santuário xiita de Sayyida Zeinab", disse o Observatório Sírio. No santuário fica o mausoléu de Sayyida Zeinab, neta do profeta Maomé e considerada uma santa pelos muçulmanos xiitas.

Embora existam poucos xiitas na Síria, muitos peregrinos xiitas do Líbano, Irã e Iraque costumam visitar o santuário. O controle do bairro é disputado pelas tropas do governo sírio e pelos insurgentes, cuja maioria é de muçulmanos sunitas, informa a agência France Presse (AFP).

Com Dow Jones

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.