Atentado de homem-bomba mata 21 em café no Iraque

O prefeito de uma cidade iraquiana ao norte de Bagdá disse que pelo menos 21 pessoas foram mortas e dezenas feridas quando um homem-bomba detonou seus explosivos em um café. O prefeito, Mohammed Maruf, afirma que muitos dos mortos e feridos eram homens que jogavam dominó e bebiam chá no café, quando a explosão ocorreu no final da tarde de hoje.

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2010 | 19h27

A explosão aconteceu na cidade de Balad Ruz, 70 quilômetros ao noroeste de Bagdá. No bairro onde fica o café atacado pelo suicida vivem muitos curdos e árabes xiitas. Vários dos mortos eram xiitas. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
terrorismoIraquehomem-bomba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.