Atentado deixa três militares italianos mortos no Iraque

Três militares italianos e um romeno foram mortos, e outro italiano ficou gravemente ferido, em um atentado nesta quinta-feira contra um comboio militar na cidade de Nassiriya, no sul do Iraque, segundo fontes militares italianas. O incidente ocorreu por volta das 1h50, de Brasília, quando uma bomba explodiu na passagem da caminhonete onde viajavam três membros do corpo de Carabineiros, a polícia militar italiana, um capitão do Exército italiano e um militar romeno. O capitão italiano Roberto Tomsi disse à rede de televisão Sky TG24 que a bomba foi colocada no meio da estrada, para explodir durante a passagem do comboio. Ao tomar conhecimento do ataque, o presidente da Itália, Carlo Azeglio Ciampi, expressou sua "preocupação e grande dor" pela tragédia. O governo italiano mantém mais de 2 mil militares integrados a uma força multinacional na região de Nassiriya, no sul do Iraque, como parte da missão "Antiga Babilônia", que foi iniciada em junho de 2003.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.