Google Maps
Google Maps

Atentado suicida do Boko Haram mata 30 na Nigéria

Três homens-bomba detonaram explosivos em um local onde pessoas assistiam partida de futebol; além dos mortos, 40 vítimas ficaram feridas

Redação, O Estado de S.Paulo

17 de junho de 2019 | 07h17

Ao menos 30 pessoas morreram e 40 ficaram feridas em um atentado em Konduga, nordeste da Nigéria. O atentado foi atribuído ao grupo insurgente extremista Boko Haram.

"No momento, temos um balanço de 30 mortos e mais de 40 feridos", afirmou à AFP Usman Kachalla, secretário dos serviços de emergência da região. Três homens-bomba detonaram suas cargas explosivas no domingo à noite diante de um local onde várias pessoas assistiam uma partida de futebol.

Atentado do Boko Haram é o mais violento em meses

O ataque, o mais violento em vários meses na Nigéria, aconteceu na cidade de Konduga, a 38 km de Maiduguri, a capital do estado de Borno. Konduga foi cenário de vários ataques dos homens-bomba do Boko Haram. Em julho do ano passado, oito pessoas morreram em um atentado suicida na localidade.

Após quase 10 anos de conflito, a rebelião do Boko Haram deixou 27.000 mortos na Nigéria. Mais de 1,7 milhão de pessoas ficaram impossibilitadas de retornar para suas casas. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.