Atentado em Ramadi deixa 12 mortos e 43 feridos

Doze pessoas morreram e 43 ficaram feridas na sexta-feira, 6, devido à explosão de um caminhão-bomba na cidade de Ramadi, 100 quilômetros a oeste de Bagdá, e não 20 mortos como foi informado a princípio, afirmou neste sábado, 7, o comando americano.O atentado foi cometido por um suicida perto de um posto de controle policial estabelecido no bairro At-Ta´mim, no oeste da cidade, afirma um comunicado, que acrescenta que o veículo explodiu por causa dos disparos dos agentes.Após a detonação do caminhão, que acredita-se que tinha gás cloro, as tropas americanas levaram os mortos e feridos para hospitais e impuseram extremas medidas de segurança na zona.Entre as vítimas do ataque, que aconteceu às 11h15 (5h15 de Brasília), estão vários policiais, informaram as fontes de segurança, que revelaram que a explosão causou enormes danos em um edifício próximo.Ramadi, Faluja e Al Qaim são as três principais cidades de Al-Anbar, província que é reduto da insurgência sunita e na qual os ataques contra as forças de ocupação e contra a Polícia e o Exército iraquianos são muito freqüentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.