Atentado mata 2 e fere 16 em supermercado da Índia

Uma bomba presa numa bicicleta explodiu hoje do lado de fora de um supermercado no leste da Índia, matando pelo menos duas pessoas e ferindo 16, informou a polícia. Segundo o inspetor-geral Kundan Lal Tamta, o artefato explodiu em Alipurduar, cidade a cerca de 650 quilômetros a nordeste de Calcutá, a capital do Estado de Bengala. Todos os feridos foram hospitalizados. Três estão em estado grave, disse Tamta.

AE-AP, Agencia Estado

18 de março de 2009 | 17h15

Nenhum grupo assumiu a responsabilidade pelo atentado. "Não podemos dizer que grupo está envolvido no ataque", afirmou o inspetor-geral. A Organização de Libertação Kamatapur, uma facção rebelde regional, luta desde o ano 2000 pela criação de um Estado separado, que seria formado por partes de Bengala e Assam. A região fica próxima do nordeste da Índia, área acossada por dezenas de conflitos e uma série de grupos rebeldes. Mais de 10 mil pessoas morreram em consequência da violência separatista na região na última década.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.