Atentado mata 5 em Cabul no dia de reunião de líderes

Os presidentes de Afeganistão e do Paquistão discutiram hoje esforços para a paz na região em uma conferência na Turquia. Os dois líderes se encontraram horas depois de militantes do Taleban invadirem um prédio do Ministério de Informação e Cultura, em Cabul, capital do Afeganistão. Um deles se explodiu no interior do edifício, matando cinco pessoas - três funcionários do ministério, um policial e um civil.O presidente afegão, Hamid Karzai, e o primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gilani, mantiveram conversas com o primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, cujo governo quer ajudar a mediar os temas regionais.O governo afegão busca negociar com altos membros do Taleban, em um esforço pela reconciliação do país. O ex-embaixador do Taleban no Paquistão afirmou que os dois lados se encontraram recentemente, na Arábia Saudita.Karzai condenou o ataque, considerado por ele uma tentativa para minar o diálogo com os militantes, para encerrar os sete anos de insurgência no país. O Taleban assumiu a autoria do atentado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.