Atentado mata 6 e deixa cerca de 20 feridos em Bagdá

Um suicida se explodiu hoje em um posto de controle do Exército do Iraque em Bagdá, matando seis pessoas, sendo três civis e três soldados locais, informou o Ministério do Interior. Cerca de 20 pessoas ficaram feridas e foram levadas ao hospital Yarmouk, da capital iraquiana. O ataque ocorreu às 7 horas (horário local) em Ghazaliyah, um bairro de maioria sunita e outrora um bastião do Taleban no oeste da capital.

AE-AP, Agência Estado

09 de julho de 2010 | 10h04

Em geral, o nível de violência caiu no Iraque nos últimos anos, após o pico de 2006 e 2007. Porém, os atentados contra civis e as forças de segurança ocorrem quase todos os dias em Bagdá. Uma série de ataques contra fiéis xiitas entre a terça-feira e ontem matou 70 pessoas na capital iraquiana, de acordo com funcionários do setor de segurança.

O número de mortos foi outro revés para os líderes de um país ainda assolado pela violência sectária e com um governo provisório quatro meses após uma eleição geral terminar sem um vencedor claro. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
IraqueBagdáatentadomortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.