Atentado mata ao menos 50 pessoas no Paquistão, diz polícia

Alvo foi academia paramiliar no noroeste do país; dezenas ficaram feridas.

BBC Brasil, BBC

13 de maio de 2011 | 00h12

Um ataque à bomba contra uma academia paramilitar no noroeste do Paquistão matou ao menos 50 pessoas na manhã de sexta-feira, segundo a polícia.

Outras dezenas ficaram feridas no atentado, que alvejou um centro de treinamento em Shabqadar, no distrito de Charsadda.

Há relatos não confirmados de que o atentado foi promovido por dois homens-bomba.

Em seguida ao episódio, nenhum grupo havia assumido responsabilidade pelas bombas, e os detalhes do ocorrido ainda eram incertos.

As suspeitas recaem sobre militantes do Talebã, que já mataram centenas de pessoas em outros ataques no Paquistão nos últimos anos.

O Paquistão se tornou foco das atenções internacionais nos últimos dias por ter sido em uma cidade próxima à capital Islamabad que forças americanas mataram o líder da Al-Qaeda, Osama Bin Laden, em 1º de maio.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.