Atentado mata ex-membro de gangue na Dinamarca

A explosão de uma bomba matou nesta quarta-feira o ex-membro de uma gangue de motoqueiros em Copenhague, capital da Dinamarca. De acordo com a polícia, a vítima pertencia a uma gangue de motoqueiros chamada Bandidos. Mickey Borgfjord Larsen estaria sendo visado por seus ex-colegas de gangue por deixar o grupo. A bomba foi colocada na parte de baixo do carro de Larsen. O ex-motoqueiro cumpria pena por seqüestro e havia recebido licença para se tratar de uma doença num hospital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.