Atentado mata seis americanos no Afeganistão

Soldados foram atingidos por bomba perto de Candahar, onde combates vêm se intensificando.

BBC Brasil, BBC

12 de dezembro de 2010 | 18h39

Militares tentam expulsar o Talebã de Candahar

Seis soldados americanos morreram neste domingo em um ataque a bomba perto de Candahar, no sul do Afeganistão, segundo fontes militares da Otan (aliança militar ocidental).

Um oficial sênior do Exército afegão disse à BBC que um homem-bomba dentro de um carro alvejou um posto de averiguação perto de uma base comandada por afegãos e americanos.

Outros cerca de dez soldados de ambas as nacionalidades ficaram feridos.

Segundo informações obtidas pelo New York Times, os soldados tentaram parar o carro, mas o motorista os ignorou e colidiu o veículo com explosivos contra uma parede do posto.

Cerca de 700 soldados estrangeiros foram mortos no Afeganistão até o momento em 2010 - número já superior aos 520 mortos durante todo o ano de 2009.

Ofensiva anti-Talebã

O ataque ocorreu na região onde a Otan mantém uma ofensiva - que já dura meses - contra o grupo radical Talebã.

Os combates vêm se intensificando no sul do país, à medida que as tropas dos EUA tentam expulsar os radicais de seus bastiões, nas Províncias de Helmand e Candahar.

Comandantes americanos se dizem confiantes nos avanços da missão, mas o Talebã ainda tem presença clara na região, relata o correspondente da BBC Paul Wood.

Os americanos dizem que a expectativa é de enfraquecer os insurgentes, de forma que as tropas afegãs consigam enfrentá-los por sua conta, quando os Exércitos estrangeiros começarem a deixar o país, no ano que vem.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.