Fayaz Aziz / Reuters
Fayaz Aziz / Reuters

Atentado mata sete no Paquistão

Explosão contra alvos policiais ocorreu em Peshawar, na fronteira com o Afeganistão

O Estado de S.Paulo,

14 de março de 2014 | 08h55

ISLAMABAD - Ao menos 7 pessoas morreram e 12 ficaram feridas nesta sexta-feira,14, em um atentado suicida contra um furgão da polícia na cidade de Peshawar, no noroeste do Paquistão. O ataque ocorreu em um mercado do bairro de Sarband pouco após o meio-dia, quando um indivíduo detonou os explosivos que carregava no corpo próximo ao veículo. Todos os mortos no ataque são civis.

Peshawar é capital da problemática província de Khyber Pakhtunkhwa, na fronteira com o Afeganistão e que abriga células da milícia islâmica Taleban, grupos jihadistas e organizações mafiosas que operam de ambos os lados da divisa com o país vizinho.

A violência no país asiático não diminuiu apesar do cessar-fogo de um mês firmado há duas semanas pelo Taleban paquistanês, conhecido como TTP, para impulsionar o processo de negociações iniciado pelas autoridades.

A violência aumentou no último ano no Paquistão. Segundo um relatório recente de um centro de estudos local, em 2013 houve no país asiático mais de 1,7 mil atentados -61% deles cometido pelo TTP e seus aliados-, nos quais morreram cerca de 2,5 mil pessoas, 19% a mais do que em 2012. / EFE

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoTaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.