Mahmud TURKIA / AFP
Mahmud TURKIA / AFP

Atentado na capital da Líbia deixa mortos e feridos

Ataque pode ter sido do grupo terrorista Estado Islâmico, segundo testemunhas

Da redação, O Estado de S.Paulo

25 Dezembro 2018 | 07h52

Um ataque a bomba teve como alvo o Ministério de Relações Exteriores, em Trípoli, capital da Líbia, nesta terça, deixando, ao menos, três mortos, de acordo com o ministério da Saúde da Líbia. Seguranças que estavam no local dizem que os terroristas pareciam ser do grupo Estado Islâmico.

Segundo eles, que falaram em condição de anonimato por não estarem autorizados a falar com a mídia, três homens entraram atirando no prédio, sendo que dois deles conseguiram explodir o local. O outro foi morto pelos guardas.  

O ministro de Relações Exteriores, Mohamed Taher, está seguro, de acordo com um funcionário do ministério. 

A Líbia tem sido refúgio para membos do EI desde 2011, quando Muammar Kadafi, ex-ditador morto, foi derrubado. O país é dividido entre rivais do governo bancados por milícias locais. / AP / AFP / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.