Atentado na Chechênia foi cometido por duas mulheres, diz Moscou

O Ministério de Proteção Civil informou que o atentado de hoje na Chechênia foi cometido por duas suicidas, em um ataque que causou 20 mortos e cerca de 15 feridos. Alguns dos feridos estão em circunstâncias graves, segundo a mesma fonte.As notícias sobre as vítimas fatais são contrastantes, já que a agência russa Itar-Tass, citando fontes policiais, escreveu que havia pelo menos 20 mortos. Uma das mulheres-bomba foi identificada como ex-mulher de um rebelde que morreu em 1999 em Gudemers. Ela tinha 46 anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.