Atentado na Colômbia deixa dois feridos e 85 caminhões queimados

Ao menos duas pessoas ficaram feridas e 85 caminhões-pipa foram queimados na detonação de explosivoslançados por desconhecidos contra um depósito de gasolina no departamento (estado) colombiano de Guajira, na fronteira com a Venezuela, informaram as autoridades. A prefeita da cidade de Maicao, Daisy Hernández, declarou à rádio "RCN" que o atentado ocorreu às 2h desta segunda-feira (4h de Brasília) em um depósito de combustível importado da Venezuela nas proximidades de Maicao, cidade localizada 1.000 quilômetros ao norte de Bogotá e a 5 da fronteira com o país vizinho. Hernández acrescentou que os desconhecidos lançaram seis cilindros de gás doméstico cheios de explosivos, dois dos quais atingiram o estacionamento de veículos que fica ao lado do depósito de combustível. A prefeita disse ainda que outros dois bujões caíram em uma casa e feriram um adulto e uma criança. Outros dois não explodiram. "O impacto foi no estacionamento e não nos tanques", disse Hernández, segundo a qual a segunda possibilidade "teria provocado uma tragédia de grandes proporções". Os veículos queimados, afirmou, pertenciam a famílias de baixa renda, a maioria indígenas wayúu que transportam gasolina na região. As autoridades estão investigando os autores do atentado e não descartaram a possibilidade de grupos rebeldes. Na região há rivalidade entre militantes de guerrilhas esquerdistas e de esquadrões paramilitares de direita.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.