Atentado na Nigéria deixa ao menos quatro mortos

Suspeita é de que três suicidas fossem ligados ao grupo extremista Boko Haram

O Estado de S. Paulo

19 de março de 2017 | 09h20

Três suicidas supostamente ligados ao grupo extremista Boko Haram mataram ao menos quatro pessoas em uma ataque em Maiduguri, capital do estado nigeriano de Borno. Um homem e duas adolescentes foram os causadores da explosão.

Entre as vítimas estão um membro de uma milícia civil, uma mulher e duas crianças, além de dezenas de feridos. Segundo relato dos moradores locais, as explosões ocorreram por volta das 21h de sábado, no horário local (cerca de 17h de Brasília).

De acordo com o porta-voz da polícia de Borno, Victor Isuku, os agressores tentaram se aproveitar do pouco movimento noturno para entrar na cidade, mas foram descobertos por um grupo de pessoas da defesa civil que estavam de guarda. Neste momento, detonaram os explosivos, relatou Isuku. Com informações da AP.

Tudo o que sabemos sobre:
Boko HaramBrasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.