Atentado no Iraque tem assinatura de al-Zarqawi, diz general

O general americano Mark Kimmitt afirmou que a explosão de um carro-bomba que matou hoje o presidente do Conselho de Governo iraquiano, o xiita Izzedine Salim, e mais oito pessoas,tem a "assinatura" do terrorista Abu Musab al-Zarqawi. Um grupo até agora desconhecido, Movimento da Resistência Árabe, afirmou em um site na internet que seus militantes eram responsáveis pela morte do "traidor e mercenário Salim".O sunita Ghazi Ajil al-Yawa já foi eleito novo presidente do Conselho. Uma pequena quantidade de gás sarin foi encontrada numa bomba usada numa atentado no Iraque, garantiu o Exército dos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.