Atentado perto de mesquita deixa 20 mortos no Irã

Pelo menos 20 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em duas explosões que ocorreram ao lado de uma mesquita na cidade de Zahedan, no Irã, segundo informou a agência estatal de notícias Irna. A agência atribui a informação a Fariborz Rashedi, diretor da secretaria de emergências médicas da província iraniana de Sistão-Baluquistão.

AE-AP, Agência Estado

15 de julho de 2010 | 16h53

Mais cedo, Jalal Sayyah, vice-governador da província, disse à Irna que as principais vítimas eram fiéis que estavam próximos da mesquita. Nenhum grupo ou indivíduo reivindicou, até o momento, a autoria do atentado.

Zahedan é a capital de Sistão-Baluquistão, uma província iraniana na fronteira com o Paquistão. A região abriga o Jundallah, um grupo insurgente sunita que luta pelos direitos da minoria baluque no Irã. A região também é uma rota do narcotráfico internacional, o que também contribui para alimentar a violência na área.

O líder do Jundallah foi executado em junho, por ordem da Justiça iraniana, depois de ter sido considerado culpado de promover ataques contra civis, roubos a mão armada e campanha de desinformação contra o Estado.

Tudo o que sabemos sobre:
Irãatentadomesquita

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.