Atentado suicida contra igreja deixa 15 mortos

Pelo menos 15 pessoas morreram e 40 ficaram feridas em um atentado contra cristãos na cidade de Yelwa, norte da Nigéria. A explosão de um carro-bomba diante da igreja ocorreu durante a missa. O atentado é mais um de uma série de ataques contra igrejas na Nigéria, onde a maioria da população é muçulmana. O mais sangrento foi no Natal e deixou 44 mortos em uma igreja de Madalla, nos arredores de Abuja. Embora nenhum grupo tenha se responsabilizado pelo ataque de ontem, a região é a área de atuação do grupo islâmico Boko Haram, que luta pelo estabelecimento da lei islâmica na Nigéria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.