Atentado suicida deixa nove mortos no Paquistão

Um suicida matou pelo menos nove pessoas hoje ao se explodir perto de uma procissão xiita na cidade paquistanesa de Lahore. Mais de 50 pessoas ficaram feridas, segundo funcionários. "Nós recebemos nove corpos até agora", disse Zahid Pervez, um médico do Hospital Mayo. Entre os mortos há pelo menos três policiais e uma mulher, afirmou o médico. Há 52 feridos, entre eles 20 em estado grave, incluindo mulheres e crianças.

AE, Agência Estado

25 de janeiro de 2011 | 13h06

"Foi um ataque suicida", disse o graduado policial Rana Faisal. Outro policial, Rao Sardar, disse que policiais tentaram apreender o suspeito antes do atentado. Segundo Sardar, o jovem tinha 16 anos. Lahore fica perto da fronteira com a Índia. Mais tarde, uma motocicleta com explosivos foi detonada em Karachi, no sul paquistanês. Há um número não confirmado de feridos, segundo a polícia. A explosão ocorreu no bastante populoso bairro de Kala Board. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoatentadosuicida

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.