Atentado suicida em funeral deixa 15 mortos

Um atentado suicida matou 15 pessoas e feriu outras 37, durante um velório nos arredores de Peshawar, principal cidade no noroeste do Paquistão. Segundo autoridades, o alvo do ataque era o político anti-Taleban Khush Dil Khan, que escapou ileso. Khan pertence ao Partido Nacional Awami, de orientação secular, e prometeu continuar a luta contra os milicianos nos arredores da cidade, próxima à fronteira com o Afeganistão. Apesar da repressão do Exército e da eliminação de vários líderes do Taleban e da Al-Qaeda, em operações americanas, milhares de civis e militares foram mortos nos últimos anos pelos rebeldes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.