Atentado suicida em hotel de luxo mata dois no Afeganistão

Um ataque suicida a bomba contra um hotelde luxo na capital do Afeganistão matou pelo menos duas pessoasnesta segunda-feira, informou a polícia. O Serena Hotel, de cinco estrelas, fica no centro da cidadee é frequentado por estrangeiros ricos. O ministro de Relações Exteriores da Noruega, Jonas GahrStoere, estava hospedado no hotel e não foi atingido. Ele deuuma entrevista ao vivo do subsolo do hotel, quando se protegia,para o canal TV2. Uma jornalista do jornal norueguês Dagbladet ficou feridano ataque, informou a rádio NRK. Dois militantes jogaram granadas de mão contra dois guardaspara abrir caminho no cordão de segurança do hotel. Uma vezdentro do complexo hoteleiro, eles se explodiram, informou apolícia. Os dois guardas morreram, e a polícia ainda não temmais informações sobre feridos. Uma fonte de segurança de um país ocidental afirmou que osguardas abriram fogo contra os militantes do lado de fora dohotel. Guerrilheiros extremistas do Taliban realizaram mais de 140ataques suicidas em 2007 em sua campanha para retirar do podero governo afegão aliado aos Estados Unidos e também as forçasestrangeiras no país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.