Atentado suicida mata 12 policiais

Pelo menos 12 polícias morreram e 40 pessoas ficaram feridas ontem num atentado suicida no norte do Sri Lanka. O terrorista detonou os explosivos diante de uma delegacia em Vavuniya - a 260 quilômetros da capital, Colombo -, na fronteira com os territórios controlados pela guerrilha dos Tigres de Libertação da Pátria Tâmil. As autoridades responsabilizaram os rebeldes e intensificaram as operações militares. Ontem, 47 guerrilheiros e 10 soldados morreram em conflitos na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.