Atentado suicida mata 7 em cidade da Nigéria

Um ataque suicida matou sete pessoas nesta terça-feira, 10, em Maiduguri, capital do Estado nigeriano de Borno, disseram fontes militares, três dias depois que um grande ataque a bomba na cidade deixou mais de 50 mortos.

Reuters

10 Março 2015 | 16h15

Maiduguri é o berço de insurgentes islâmicos do Boko Haram, que lutam há seis anos para formar um califado islâmico no nordeste da Nigéria. Os militantes tentaram tomar a cidade no fim de janeiro, matando mais de 100 pessoas no ataque, e novamente no início de fevereiro.

Nesta terça-feira, uma forte explosão abalou Maiduguri pouco depois das 16h. Testemunhas disseram inicialmente que ser tratava de uma mulher-bomba, mas a polícia afirmou que o suicida estava em um carro, que foi detonado perto de um mercado bastante movimentado que já foi atacado várias vezes.

Outra bomba foi descoberta e desativada pela polícia nesta terça-feira em Babalayi, um bairro densamente povoado de Maiduguri e cerca de 500 metros do local da explosão de terça-feira, segundo um membro da força-tarefa civil conjunta.

Mais conteúdo sobre:
NIGERIA ATAQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.