Atentado suicida mata três e fere mais de 20 em Bagdá

Pelo menos três iraquianos morreram e mais de vinte ficaram feridos nesta terça-feira, em um atentado suicida rebelde com carro-bomba, em frente a uma das portas de acesso à "zona verde", em Bagdá, informou uma fonte policial. Dois dos mortos eram policiais que vigiavam a porta na manhã de hoje, repleta de civis que se preparavam para trabalhar. "O suicida foi na direção das pessoas que estavam na fila e detonou a carga, destruindo quase dez veículos", detalhou a fonte, acrescentando que o atentado aconteceu por volta das 8h30 da manhã (3h30 de Brasília), no bairro de Al Jarziyah, onde está localizada a muralha que protege as embaixadas dos EUA e do Reino Unido, assim como alguns edifícios do governo interino do Iraque.O carro-bomba explodiu a uns 200 metros de distância da porta. Fontes médicas do hospital de Yarmuk disseram que vários dos feridos estão em estado muito grave.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.