Atentado suicida mata treze pessoas no Iraque

Pelo menos 13 pessoas morreram em um atentado suicida contra um centro de recrutamento militar no antigo aeroporto de Al Muthana, no oeste de Bagdá.O atentado, perpetrado por um homem que carregava explosivos junto ao seu corpo, também deixou sete feridos.O suicida entrou em um mini ônibus que estava junto da base e transportava os novos recrutas do Exército após terem completado seus trâmites e se dirigiam de volta a suas casas.Dentro do veículo, o terrorista ativou sua carga explosiva e matou ou feriu todos os ocupantes do veículo. Com exceção do motorista, todas as vítimas eram aspirantes a militares.O Exército e a Polícia iraquiana são alvos freqüente da insurgência, que tenta sabotar todas as instituições do novo Iraque por considerá-las colaboracionistas com os ocupantes americanos. Esta mesma base de Al Mutana foi alvo de vários atentados, o mais grave deles em junho de 2004, quando um carro bomba explodiu na entrada desta mesma base e matou 35 pessoas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.