Atentado terrorista contra trem na Rússia é confirmado

Bomba caseira teria provocado o descarrilamento, segundo o chefe do Departamento da Procuradoria Geral

Efe

14 de agosto de 2007 | 03h05

A Procuradoria Geral da Rússia confirmou nesta terça-feira, 14, que o acidente com um trem de passageiros foi um atentado terrorista.    O descarrilamento ocorreu na segunda-feira, 13,  à noite em uma rota entre Moscou e São Petersburgo. Ficaram feridas 60 pessoas.   "Começamos um processo penal com base no artigo 205. Isto é terrorismo", disse Serguei Bednichenko, chefe de Departamento da Procuradoria Geral, citado pela agência russa Interfax.   Ele acrescentou que o descarrilamento do trem aconteceu "em conseqüência da explosão de uma bomba caseira".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.