Atentado terrorista mata dois soldados na Argélia

Uma bomba atingiu um caminhão que transportava soldados argelinos hoje, matando dois deles e ferindo outros dois, informou a polícia da Argélia. Após uma operação em uma área rural, os soldados voltavam ao quartel, quando uma bomba acionada por controle remoto explodiu enquanto o veículo passava pela cidade de Si Mustapha, 50 quilômetros ao leste da capital Argel. A cidade fica na província de Boumerdes, onde a Al-Qaeda na África do Norte Islâmica montou uma rede extremista. O grupo extremista é uma versão local da Al-Qaeda, à qual aderiu em 2006.

AE-AP, Agência Estado

25 de outubro de 2010 | 16h25

Nenhum grupo, contudo, assumiu a autoria do atentado. Moradores ressaltaram que o caminhão, quando foi atingido, não estava mais na rua principal da cidade, o que provavelmente evitou que a perda de vidas fosse maior. "O dano teria sido bem pior se a bomba explodisse na avenida, com os estudantes e trabalhadores que estavam no local", disse Kamal Hadjersi, dono de uma marcenaria.

Tudo o que sabemos sobre:
atentadobombaArgélia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.