Atentados a bomba ferem 11 na Tailândia

Em um dos ataques, bomba foi ativada por telefone celular e feriu dois policiais e oito civis

Efe,

23 de março de 2009 | 06h01

Dois atentados a bomba cometidos nesta segunda-feira, 23, por terroristas muçulmanos deixaram pelo menos 11 pessoas feridas no sul da Tailândia.

 

Na primeira explosão ocorrida em Narathiwat, capital da província de mesmo nome, dois policiais e oito civis foram feridos pelos estilhaços de uma bomba colocada em uma motocicleta estacionada em frente a um mercado.

 

Segundo a Polícia, a bomba, de cinco quilos, foi ativada por meio de um telefone celular quando as pessoas chegavam para fazer compras.

 

O segundo atentado, que feriu policial, aconteceu Sungai Golok, na fronteira com a Malásia.

 

Desde que retomou a luta armada, em janeiro de 2004, o movimento separatista islâmico já matou cerca de 3.500 na Tailândia.

Tudo o que sabemos sobre:
Tailândiaatentadosataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.