Atentados causaram prejuízos de mais de US$ 83 bi em NY

Os ataques de 11 de setembro causaram à cidade de Nova York um prejuízo estimado entre US$ 83 bilhões e US$ 95 bilhões, dependendo da quantidade de postos de empregos que abandonaram definitivamente o município, segundo um relatório divulgado nesta quarta-feira.Esses valores, segundo o chefe dos auditores da cidade, William Thompson, incluem prejuízos diretos - como a perda das torres do World TradeCenter, instalações e infra-estrutura - e indiretos.Por causa dos atentados, a cidade perdeu 146.000 empregos - 83.000 que existiam antes de 11 de setembro e 63.000 que deixaram de ser criados -, o que representa uma perda de mais de US$ 17 bilhões em salários. Os ataques ao WTC, que causaram mais de 2.800 mortes, destruíram 1,2 milhão de metros quadrados de área para escritórios, ou o equivalente ao espaço total para essas instalações em cidades como Atlanta ou Miami. A cifra de prejuízo total inclui ainda as perdas causadas pelo fechamento completo - nos quatro dias que se seguiram ao ataque - da área de Manhattan Sul e da bolsa de valores, em Wall Street.O relatório da auditoria indica ainda que quase a metade do déficit orçamentário de US$ 6 bilhões estimado para o ano fiscal de 2003 deve-se às perdas com os atentados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.